Pais optam por trabalhar de casa para passar mais tempo com os filhos

Mercado do home office já é grande no Brasil e especialista oferece dicas para trabalhadores conseguirem conciliar vida familiar e a rotina de trabalho

Ultimamente, com a saturação do mercado e as poucas vagas disponíveis, cada vez mais a rotina de trabalho está ficando apertada e por conta disso o convívio familiar vai ficando em segundo plano. Prova disso, é uma pesquisa realizada pelo site de “RH Catho”, na qual aponta que cerca de 59% dos trabalhadores consideram não passar tempo suficiente com os filhos.

Porém, tal situação tem solução e pode ser resolvida de uma forma muito simples: trabalhar de casa. Aliás, esse método, também conhecido como home office, já é bastante comum. Segundo dados do IBGE, cerca de 20 milhões de brasileiros trabalham de seus lares, diariamente.

Trabalhar de casa pode até ser conveniente para quem quer ficar mais perto dos filhos, mas não é tão fácil quanto aparenta. Segundo a consultora e diretora da Leaders – HR Consultants, Astrid Vieira, é preciso ter muita atenção com a agenda para as finanças não desandarem. “É preciso ter atenção a uma série de questões complexas para que essas pessoas administrem bem o empreendimento, principalmente sobre a administração do tempo” conta a especialista.



Para Astrid é tudo uma questão de conciliar ambas as rotinas e respeitar as demandas. “Quem opta por trabalhar de casa, não pode deixar a preguiça tomar conta. Precisa acordar cedo e evitar dormir muito tarde. Visitas não devem impedir o desenvolvimento do serviço. Tarefas domésticas não podem ser realizadas enquanto as administrativas estão em andamento. A agenda deve ser organizada e respeitada. Celulares e outros aparelhos eletrônicos não devem roubar o tempo de serviço. Apesar de estar em casa, o ambiente de trabalho precisa ser fixo e não mutável – nada de trabalhar da sala hoje, do quarto amanhã e da cozinha depois de amanhã”, aconselha.

Esse é o caso de Diógenes Garcia Vilella Tosta. Aos 33 anos, o chef de cozinha acabou de ser pai e para passar mais tempo com o filho optou por trabalhar do seu lar. “Meu filho é a minha maior realização, não os meus feitos profissionais. Quero muito poder passar mais tempo com ele e por isso uso minha própria cozinha para fazer meus pratos”, conta. Diógenes é proprietário de uma empresa de sanduíches, a Dig-Max Hamburgueria, e apesar de ter sua loja física no bairro São Lucas, em Belo Horizonte, realiza toda a produção do seu negócio sem ter que colocar o pé na rua.

E quando o filho estiver com a energia à tona, preparado para brincar enquanto você estiver focado no trabalho, saiba dizer não. “Tudo bem ser interrompido um instante para dar um abraço ou acalentar na hora do choro, mas saiba policiar suas crianças para que elas respeitem seus horários, condições e o momento de trabalho”, finaliza Astrid Vieira.

Fonte:Naves Coelho Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *